Senado define prazo para resolução do pagamento do piso salarial da enfermagem
Com informações do Metrópoles 
A votação no Senado Federal do projeto responsável por garantir os fundos necessários para custear o piso salarial nacional da enfermagem, que foi suspenso pelo Supremo Tribunal Federal (SFT), vai ser decidida apenas depois do primeiro turno das eleições de 2022.
Ainda na última semana, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), presidente da Casa, indicou que o PLP 44/2022, de autoria do senador Luís Carlos Heinze (PP), fosse levado à apreciação dos parlamentares ainda nesta semana.
De acordo com apuração do Metrópoles, o PLP 44/2022 a favor do piso salarial da enfermagem deve ser votado entre os dias 3 e 5 de outubro, depois do primeiro turno das eleições.
O PLP propõe a transposição e transferência de saldos financeiros não utilizados que tinham o propósito de pagamento de emendas e gastos no combate à pandemia da Covid-19. 
A medida realizaria o destrave de R$ 27,7 bilhões inutilizados. Até o momento, a proposição encontra-se parada no Senado. A relatoria do projeto vai ficar a cargo do vice-líder do MDB na Casa, senador Marcelo Castro (PI).
Depois da suspensão da lei do piso salarial da enfermagem no STF, decretada pelo ministro Luís Roberto Barroso, foram realizados novos estudos para analisar a viabilização do reajuste. 
Deputados e senadores apresentaram oito projetos com propostas para que o novo piso possa ser estabelecido.
Entre eles, está o PLP 44/2022 e a regulamentação dos jogos de azar para custear o piso salarial da enfermagem.
Também foi sugerido o uso de  de recursos do pré-sal para ajudar no pagamento do piso salarial da enfermagem e da realocação de R$ 9,9 bilhões do orçamento secreto das Emendas de Relator (RP9).
Em reação à suspensão da lei do piso salarial da enfermagem, profissionais de saúde de todo o país mobilizaram paralisações dos serviços. 
Os protestos foram feitos com o intuito de pressionar a decisão do governo federal e do Congresso Nacional.

Idiomas:ENG-https://www.wikidata.org/wiki/Q1860, PORT-https://www.wikidata.org/wiki/Q750553
Cargo:Repórter estagiária
É o fato ou acontecimento de interesse jornalístico. Pode ser uma informação nova ou recente. Também diz respeito a uma novidade de uma situação já conhecida.
Texto predominantemente opinativo. Expressa a visão do autor, mas não necessariamente a opinião do jornal. Pode ser escrito por jornalistas ou especialistas de áreas diversas.
Reportagem que traz à tona fatos ou episódios desconhecidos, com forte teor de denúncia. Exige técnicas e recursos específicos.
É a interpretação da notícia, levando em consideração informações que vão além dos fatos narrados. Faz uso de dados, traz desdobramentos e projeções de cenário, assim como contextos passados.
Texto analítico que traduz a posição oficial do veículo em relação aos fatos abordados.
É a matéria institucional, que aborda assunto de interesse da empresa que patrocina a reportagem.
Conteúdo que faz a verificação da veracidade e da autencidade de uma informação ou fato divulgado.
É a matéria que traz subsídios, dados históricos e informações relevantes para ajudar a entender um fato ou notícia.
Reportagem de fôlego, que aborda, de forma aprofundada, vários aspectos e desdobramentos de um determinado assunto. Traz dados, estatísticas, contexto histórico, além de histórias de personagens que são afetados ou têm relação direta com o tema abordado.
Abordagem sobre determinado assunto, em que o tema é apresentado em formato de perguntas e respostas. Outra forma de publicar a entrevista é por meio de tópicos, com a resposta do entrevistado reproduzida entre aspas.
Texto com análise detalhada e de caráter opinativo a respeito de produtos, serviços e produções artísticas, nas mais diversas áreas, como literatura, música, cinema e artes visuais.
Jornal @ 2022 – Uma empresa do grupo JCPM
PARA SOLICITAÇÃO DE LICENCIAMENTO, CONTACTAR [email protected]

source