Tatiana Campbell
Colaboração para o UOL*, no Rio
14/10/2022 09h33Atualizada em 14/10/2022 13h10
Dois italianos que estão morando em São Paulo e faziam turismo no Rio de Janeiro foram baleados na madrugada de hoje, após entrarem de carro por engano em uma comunidade da zona norte da capital fluminense. Segundo o UOL apurou, eles seguiam o GPS, que indicou um caminho por dentro da Maré.
De acordo com a PM, os tiros partiram de traficantes da comunidade, comandada pela facção TCP (Terceiro Comando Puro). A Polícia Civil informou que um tiro de fuzil atingiu os turistas (veja imagem abaixo).

As vítimas são um homem de 21 anos, identificado apenas como Riccardo, baleado na costela, e Nicolo Desiato, 23, atingido no braço esquerdo.
Após ser atingida, a dupla e um grupo de amigos conseguiu deixar o local e foi para o Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador, para que recebesse atendimento.
O UOL apurou que o grupo de cinco amigos italianos está residindo em São Paulo e visitava o Rio de Janeiro. Eles fazem intercâmbio e estão no Brasil há alguns meses, para estudar e ensinar italiano.
Riccardo, de 21 anos, estuda na Fundação Getúlio Vargas (FGV), e Nicolò Desiato, 23, na Fundação Armando Alvares Penteado (Faap), instituições sediadas em São Paulo.
O grupo participava de uma festa na Marina da Glória, na zona sul da cidade, na noite de ontem. De madrugada, ao deixarem o evento, eles foram em direção à avenida Brasil para fazer um lanche, antes de retornarem para o estado de São Paulo.
Monitorando o caminho GPS, o grupo entrou em um dos acessos da comunidade da Maré. Segundo a Polícia Militar, os italianos foram para o hospital por conta própria. Por estarem muito nervosos, um policial que fala inglês foi chamado para os turistas detalharem toda a situação.
Hoje pela manhã, os amigos dos dois baleados voltaram ao hospital, mas não quiseram falar com a imprensa. Segundo a direção do Hospital Evandro Freire, ambos tem quadro de saúde estável.O Consulado-Geral da Itália no Rio de Janeiro confirmou a informação.
“Dois deles, feridos levemente, já receberam os atendimentos médicos necessários em um hospital local. Como relatado pela polícia local, a agressão ocorreu nas proximidades de um dos acessos à comunidade de Manguinhos, na zona norte da capital fluminense, onde os cinco turistas teriam entrado por erro, enganados pelas indicações do GPS”, diz nota do Consulado.
Um representante consular “se dirigiu imediatamente” ao hospital, e o consulado “está em constante contato com os familiares e as autoridades locais para prestar a devida assistência aos conterrâneos.”
O carro onde os italianos estavam passará por uma perícia. Dois disparos atingiram o veículo, sendo que um deles foi responsável pelos ferimentos nas duas vítimas.
*Com informações da ANSA

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Por favor, tente novamente mais tarde.

Não é possivel enviar novos comentários.
Apenas assinantes podem ler e comentar
Ainda não é assinante? .
Se você já é assinante do UOL, .
O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

source