Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político
Em corrida por alianças nas eleições 2022, Lula conquista apoio de ex-apoiador de Bolsonaro e suplente de Flávio Bolsonaro? Veja mais informações sobre o caso
Mais um apoio foi declarado na disputa entre o presidente Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno. Desta vez a divulgação do voto surpreendeu, o empresário Paulo Marinho que é suplente do filho de Bolsonaro, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), afirmou que votará em Lula desta vez. 
Segundo Paulo Marinho, “quem conhece Bolsonaro como eu conheço vota no Lula“. O político que antes era aliado de Bolsonaro trouxe a preferência por Luiz Inácio em um encontro do ex-presidente com apoiadores na Zona Sul de São Paulo. 

Divulgação
Paulo Marinho, suplente de Flávio Bolsonaro, participou de ato de campanha do ex-presidente Lula nesta segunda-feira (10) – Divulgação

O político rompeu com o presidente e seus filhos em 2020 e contribuiu para as investigações do escândalo da rachadinha após ser um nome fundamental para sua eleição em 2018. Como o mandato de senador dura 8 anos, o empresário continua como suplente de Flávio até 2024, mesmo que em situação de conflito com o titular.
Marinho declarou que apoio a Bolsonaro na última eleição é uma “penitência” que terá de ser paga. “Minha mulher costuma dizer que eu precisaria subir a escada da Penha 50 vezes pra pagar essa penitência“, disse o suplente de Flávio Bolsonaro sobre a anterior aliança com Bolsonaro.

“Como eu não tenha essa disposição toda [de pagar uma grande penitência], eu achei que agora não é mais o momento de ficar de voto nulo, voto em branco. Você precisa de lado. Meu lado agora é apoiar o Lula“, concluiu o empresário. 


Sobre
Estudante de Jornalismo da UFPE, repórter-estagiária do Blog de Jamildo
É o fato ou acontecimento de interesse jornalístico. Pode ser uma informação nova ou recente. Também diz respeito a uma novidade de uma situação já conhecida.
Texto predominantemente opinativo. Expressa a visão do autor, mas não necessariamente a opinião do jornal. Pode ser escrito por jornalistas ou especialistas de áreas diversas.
Reportagem que traz à tona fatos ou episódios desconhecidos, com forte teor de denúncia. Exige técnicas e recursos específicos.
Conteúdo editorial que oferece ao leitor ambiente de compras.
É a interpretação da notícia, levando em consideração informações que vão além dos fatos narrados. Faz uso de dados, traz desdobramentos e projeções de cenário, assim como contextos passados.
Texto analítico que traduz a posição oficial do veículo em relação aos fatos abordados.
É a matéria institucional, que aborda assunto de interesse da empresa que patrocina a reportagem.
Conteúdo que faz a verificação da veracidade e da autencidade de uma informação ou fato divulgado.
É a matéria que traz subsídios, dados históricos e informações relevantes para ajudar a entender um fato ou notícia.
Reportagem de fôlego, que aborda, de forma aprofundada, vários aspectos e desdobramentos de um determinado assunto. Traz dados, estatísticas, contexto histórico, além de histórias de personagens que são afetados ou têm relação direta com o tema abordado.
Abordagem sobre determinado assunto, em que o tema é apresentado em formato de perguntas e respostas. Outra forma de publicar a entrevista é por meio de tópicos, com a resposta do entrevistado reproduzida entre aspas.
Texto com análise detalhada e de caráter opinativo a respeito de produtos, serviços e produções artísticas, nas mais diversas áreas, como literatura, música, cinema e artes visuais.
Jornal @ 2022 – Uma empresa do grupo JCPM
PARA SOLICITAÇÃO DE LICENCIAMENTO, CONTACTAR [email protected]

source