Em novo guia eleitoral exibido na televisão aberta para o segundo turno das eleições, Raquel Lyra (PSDB) tenta atrair eleitorado de Lula (PT)
Em novo guia eleitoral exibido na televisão aberta para o segundo turno das eleições, Raquel Lyra (PSDB) tenta atrair eleitorado de Lula (PT) e Bolsonaro (PL).
A propaganda é inteira narrada por uma terceira pessoa e não conta com a voz da candidata ao governo de Pernambuco.

“Quem tá com Lula sabe, Raquel é a melhor para Pernambuco”, diz o narrador. “Quem tá com Bolsonaro sabe que Raquel é mais preparada para mudar Pernambuco”, completa.

Então a voz faz a pergunta que acompanha a candidatura de Lyra desde o início: “E Raquel está com quem?”
Assim como pronunciamento da psdbita, o guia não revela o seu voto para o segundo turno das eleições 2022: “Pernambuco precisa de uma governadora que não briga por padrinho político, mas luta para melhorar a vida da nossa gente”

Durante transmissão ao vivo realizada na tarde desta quarta-feira (12), no Instagram, a candidata a governadora de Pernambuco pelo PSDB, Raquel Lyra, firmou posição de que não apoiará nem Lula (PT) e nem Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno.
Líder das pesquisas de intenção de voto para o segundo turno, Raquel apoiou Simone Tebet (MDB) para o Palácio do Planalto no primeiro turno das eleições.
“Não tente dividir Pernambuco, nós vamos unir. Não tente me dizer que Pernambuco tem um dono, Pernambuco não tem dono”, afirmou a candidata.
“Eu não vou declarar apoio a presidente da República. Eu vou trabalhar, incansavelmente, por Pernambuco. Vou debater não só os problemas, mas, sobretudo, falar sobre soluções para o nosso Estado”, declarou Raquel, na live.
Sobre
Estudante de Jornalismo na UNINASSAU e de Ciências Sociais na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atualmente, escreve para o site do JC na editoria de Cidades.
É o fato ou acontecimento de interesse jornalístico. Pode ser uma informação nova ou recente. Também diz respeito a uma novidade de uma situação já conhecida.
Texto predominantemente opinativo. Expressa a visão do autor, mas não necessariamente a opinião do jornal. Pode ser escrito por jornalistas ou especialistas de áreas diversas.
Reportagem que traz à tona fatos ou episódios desconhecidos, com forte teor de denúncia. Exige técnicas e recursos específicos.
Conteúdo editorial que oferece ao leitor ambiente de compras.
É a interpretação da notícia, levando em consideração informações que vão além dos fatos narrados. Faz uso de dados, traz desdobramentos e projeções de cenário, assim como contextos passados.
Texto analítico que traduz a posição oficial do veículo em relação aos fatos abordados.
É a matéria institucional, que aborda assunto de interesse da empresa que patrocina a reportagem.
Conteúdo que faz a verificação da veracidade e da autencidade de uma informação ou fato divulgado.
É a matéria que traz subsídios, dados históricos e informações relevantes para ajudar a entender um fato ou notícia.
Reportagem de fôlego, que aborda, de forma aprofundada, vários aspectos e desdobramentos de um determinado assunto. Traz dados, estatísticas, contexto histórico, além de histórias de personagens que são afetados ou têm relação direta com o tema abordado.
Abordagem sobre determinado assunto, em que o tema é apresentado em formato de perguntas e respostas. Outra forma de publicar a entrevista é por meio de tópicos, com a resposta do entrevistado reproduzida entre aspas.
Texto com análise detalhada e de caráter opinativo a respeito de produtos, serviços e produções artísticas, nas mais diversas áreas, como literatura, música, cinema e artes visuais.
Jornal @ 2022 – Uma empresa do grupo JCPM
PARA SOLICITAÇÃO DE LICENCIAMENTO, CONTACTAR [email protected]

source