Confira novidades sobre a liberação da décima terceira parcela do Auxílio Brasil.
Desde que Jair Bolsonaro (PL)  anunciou, na semana passada, sua intenção de conceder uma décima terceira parcela do Auxílio Brasil para mulheres chefes de família, a partir de 2023.
Desde o ano passado, o Auxílio Brasil substitui o Bolsa Família como principal programa de distribuição de renda do país.
VEJA TAMBÉM:
EMPRÉSTIMO AUXÍLIO BRASIL: “por que não consigo contratar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil?”
De acordo com o presidente do Brasil, o pagamento do décimo terceiro do Auxílio Brasil não pode começar neste ano por causa da legislação eleitoral.
Todavia, de acordo com ele, haveria o pagamento a partir do ano que vem. 
.

Já está acertado só para mulheres, são 17 milhões, a partir do ano que vem

Jair Bolsonaro


Bolsonaro afirmou, ainda, que manterá a parcela mínima do Auxílio Brasil como R$ 600 e que o Governo já sabe de onde virão os recursos para arcar com esse custo. 
Contudo, a promessa não tem espaço no projeto de Orçamento de 2023 enviado ao Congresso pelo Governo Federal.

Ronaldo Bento, ministro da Cidadania, afirmou que a falta de orçamento não seria um fator impeditivo para o financiamento do décimo terceiro do Auxílio Brasil para mulheres.

Mesmo assim, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) do próximo ano apenas comporta recursos suficientes para beneficio médio de R$ 405 para o Auxilio Brasil.

Logo depois da confirmação do segundo turno, o presidente também sancionou a antecipação dos pagamentos de outubro do Auxílio Brasil.
Os pagamentos, que usualmente ocorrem nos últimos dez dias úteis do mês, começaram no dia 11 e terminarão no dia 25, cinco dias antes da eleição
Hoje, são pagos os beneficiários com NIS de final 2.

NIS final 1 – recebe em 11 de outubro;
NIS final 2 – recebe em 13 de outubro;
NIS final 3 – recebe em 14 de outubro;
NIS final 4 – recebe em 17 de outubro;
NIS final 5 – recebe em 18 de outubro;
NIS final 6 – recebe em 19 de outubro;
NIS final 7 – recebe em 20 de outubro;
NIS final 8 – recebe em 21 de outubro;
NIS final 9 – recebe em 24 de outubro;
NIS final 0 – recebe em 25 de outubro.
.

DIVULGAÇÃO/GOVERNO FEDERAL
NOVO CALENDÁRIO AUXILIO BRASIL ANTECIPADO OUTUBRO – DIVULGAÇÃO/GOVERNO FEDERAL


É o fato ou acontecimento de interesse jornalístico. Pode ser uma informação nova ou recente. Também diz respeito a uma novidade de uma situação já conhecida.
Texto predominantemente opinativo. Expressa a visão do autor, mas não necessariamente a opinião do jornal. Pode ser escrito por jornalistas ou especialistas de áreas diversas.
Reportagem que traz à tona fatos ou episódios desconhecidos, com forte teor de denúncia. Exige técnicas e recursos específicos.
É a interpretação da notícia, levando em consideração informações que vão além dos fatos narrados. Faz uso de dados, traz desdobramentos e projeções de cenário, assim como contextos passados.
Texto analítico que traduz a posição oficial do veículo em relação aos fatos abordados.
É a matéria institucional, que aborda assunto de interesse da empresa que patrocina a reportagem.
Conteúdo que faz a verificação da veracidade e da autencidade de uma informação ou fato divulgado.
É a matéria que traz subsídios, dados históricos e informações relevantes para ajudar a entender um fato ou notícia.
Reportagem de fôlego, que aborda, de forma aprofundada, vários aspectos e desdobramentos de um determinado assunto. Traz dados, estatísticas, contexto histórico, além de histórias de personagens que são afetados ou têm relação direta com o tema abordado.
Abordagem sobre determinado assunto, em que o tema é apresentado em formato de perguntas e respostas. Outra forma de publicar a entrevista é por meio de tópicos, com a resposta do entrevistado reproduzida entre aspas.
Texto com análise detalhada e de caráter opinativo a respeito de produtos, serviços e produções artísticas, nas mais diversas áreas, como literatura, música, cinema e artes visuais.
Jornal @ 2022 – Uma empresa do grupo JCPM
PARA SOLICITAÇÃO DE LICENCIAMENTO, CONTACTAR [email protected]

source