Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.
Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais or Aceitar.
As Eleições 2022 ocorrem neste domingo, 2 de outubro (02/10), em todo o Brasil, e mais de 155 milhões de pessoas estão aptas a comparecer nas urnas. A contagem dos votos para presidente, governador, senador, deputado federal e estadual começará às 18 horas (horário de Brasília).
A entrada nos pontos de votação encerraram às 17 horas (horário de Brasília) em todo o Brasil, e apenas os eleitores que ainda estiverem na fila poderão votar. Apuração será realizada em breve pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 TSE - Tribunal Superior Eleitoral Urna eletrônica
TSE – Tribunal Superior Eleitoral Urna eletrônica (Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE)

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes, irmão do candidato à presidência Ciro Gomes e do Senador Cid Gomes, votou neste domingo, 2, em Sobral, e concedeu entrevista ao O POVO.
“Pelo que eu acompanhei foi uma eleição tranquila no país, a gente estava na expectativa negativa, de confusão, mas graças a Deus não aconteceu nada”, disse.

Ivo vota no fim da tarde neste domingo, 2
Ivo vota no fim da tarde neste domingo, 2 (Foto: Antonio José/Especial para O POVO)

“Estou preocupado é com os meus dois anos que estão por vir. Óbvio que eu me preocupo com o futuro do país também, eu estou ainda na torcida pelo Ciro, mas assim, a nossa expectativa é de que o país volte ao ao trilho normal da democracia”.
O candidato Lula venceu com ampla vantagem a eleição nas principais cidades alemãs. Em Berlim, o petista obteve 4.502 votos, contra 518 de Bolsonaro, 212 de Ciro, e 161 de Simone Tebet.
Lula também venceu em Frankfurt e Colônia. O ex-presidente foi o candidato mais votado, com 1.766 votos na primeira e 1.377. Bolsonaro ficou em segundo, com 795 votos e 325, respectivamente. Simone Tebet foi a terceira, e Ciro o quarto mais votado.
Lula vence por ampla vantagem em Berlim: na capital alemã, o candidato petista obteve 4.502 votos, contra 518 de Bolsonaro, 212 de Ciro, e 161 de Simone Tebet. #Eleicoes2022 pic.twitter.com/IGEZH3Z93J

A candidata Soraya Thronicke (União Brasil) foi vaiada por eleitores na manhã deste domingo, 2 de outubro. O caso ocorreu em um local de votação de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Na ocasião, a senadora estava conversando com a imprensa, quando uma mulher, que não quis se identificar, a chamou de “traidora de Mato Grosso do Sul”. Outros eleitores acompanharam a manifestação com gritos e vaias.
Leia a matéria completa aqui.
Um eleitor foi preso no início da tarde deste domingo, 2 de outubro, após ser filmado retirando um pedaço de madeira de um guarda-chuva e quebrar uma urna eletrônica em um colégio no setor Vila Boa, em Goiânia (GO).
Após o episódio, o homem foi conduzido à Polícia Federal (PF). A urna ficou inoperante para registro de novos votos, apesar disso, o aparelho foi substituído e não houve impacto nos votos armazenados anteriormente.
Uma publicação compartilhada por O POVO Online (@opovoonline)

Confira a matéria completa aqui.
Assine nosso multistreaming e tenha acesso aos nossos colunistas, reportagens, podcasts, séries e muito mais.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceu a eleição nas cidades de Paris (França), Roma (Itália), Porto (Portugal) e na Palestina, enquanto Bolsonaro levou a melhor nas urnas de Israel.
Na capital francesa, o petista obteve 77,5% dos votos segundo resultados extraoficiais, enquanto na cidade italiana, Lula teve 2196 votos, contra 1393 Bolsonaro.
Na Palestina, com 84,8% dos votos válidos ante 7,4% de Bolsonaro, em Ramallah Os resultados são reflexos tanto da política de pró-Israel do candidato do PL quanto à proximidade histórica do PT com a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).
Já em Israel, o atual presidente obteve 45,97% dos votos válidos contra 39,36% de Lula, do Partido dos Trabalhadores.
URGENTE – Lula vence em Paris com 77,5% dos votos, segundo resultados extraoficiais https://t.co/MX5NeLd9oL pic.twitter.com/ugMgYtXXH3

Jair Bolsonaro vota no Rio de Janeiro
Jair Bolsonaro vota no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/ TV Globo)

O presidente Jair Bolsonaro retornou à Brasília-DF por volta das 12 horas deste domingo, 2, após votar na Vila Militar, no Rio de Janeiro. O candidato a reeleição foi recebido por quatro apoiadores, que o esperaram em um local reservado no Palácio da Alvorada.
Dez candidatos estão no pleito pelo governo mineiro nas eleições de 2022 mas polarização entre PSB e Novo permanece.

Candidatos ao governo de Minas Gerais votam neste domingo, dia 2 de outubro. Apesar de dez candidatos concorrerem, a polarização entre Zema e Kalil continua forte.
Alexandre Kalil(PSB), segundo colocado nas intenções de votos, votou em Belo Horizonte no Colégio Estadual Central. O candidato do PSB afirmou “Teve um bom combate, fizemos o que nós achávamos que era o melhor”.
Romeu Zema conta com 55% dos votos válidos. O candidato à reeleição pelo Partido Novo, votou hoje em Araxá, no sul mineiro, e pediu voto útil.
Cerca de 50 urnas eletrônicas apresentaram defeito, sem possibilidade de substituição, e tiveram que ser substituídas por cédulas de papel no exterior.
A informação foi divulgada pelo desembargador Roberval Belinati, presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), responsável por organizar as eleições brasileiras fora do país.

Até as 11h40 deste domingo (2), 1.374 urnas precisaram ser substituídas em todo o país.
Os dados foram divulgados no segundo boletim de ocorrência deste primeiro turno das Eleições 2022.
O número representa 0,29% do total das 472.075 urnas utilizadas nas eleições. Outras 105.050 são urnas de contingência.
Mais de 156 milhões de eleitores participam deste primeiro turno das Eleições 2022.

Proibido uso de celular na hora de votar.
Proibido uso de celular na hora de votar. (Foto: FÁBIO LIMA)

O eleitor não pode levar o aparelho celular na hora de votar. A medida foi tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) neste ano.
Para conferir a ordem e evitar qualquer confusão ou esquecimento, o eleitor pode levar uma “colinha”.
Fernando Haddad, candidato do PT ao governo de São Paulo, votou na manhã deste domingo, 2 de outubro, na zona sul da capital paulista. Chegou acompanhado da esposa, Ana Estela Haddad.
Haddad concorre junto com Tarcísio Freitas e o atual governador, Rodrigo Garcia. Freitas e o ex-ministro da educação devem se enfrentar no segundo turno de acordo com as pesquisas.
Apoiadores entregaram rosas vermelhas em apoio ao ex-prefeito. Foi possível ouvir paneladas em prédios próximos, mas não se era em apoio ou protesto ao petista.
Sérgio Moro, candidato da União Brasil, chegou ao seu colégio eleitoral, no Clube Duque de Caxias, em Curitiba, no Paraná, às 9h30. O ex-ministro é candidato ao Senado.
Moro diz estar tranquilo em relação à apuração e espera resultado positivo nessas eleições, apesar de estar em segundo lugar. O candidato concorre a vaga com Álvaro Dias (Podemos).
“Hoje é dia de festa da democracia, então é deixar as pessoas votarem em paz. Estamos com boas expectativas, confiantes, claro que, com humildade sempre. O Brasil se reencontrando novamente com suas eleições e sempre se espera que a população decida com a sabedoria que lhe é própria”, disse.
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou, na manhã deste domingo (2), às 9h30, o primeiro boletim de ocorrência deste primeiro turno das Eleições Gerais de 2022, com informações sobre a substituição de urnas.
Até o momento, foram substituídas 401 urnas, ou 0,07% do total. Em nenhuma seção foi necessária votação manual.
Em Madrid, os relatos são de duas horas à espera do momento de votar. 
Ciro vota em Fortaleza. Perguntado se é a última eleição, disse: “O futuro a Deus pertence”, aí brinca que é algo que todo mundo diz. Aí completa: “Não, eu pretendo parar por aqui”

Eleições 2022: saiba que horas sai o resultado da apuração dos votos
Eleições 2022: saiba que horas sai o resultado da apuração dos votos (Foto: Abdias Pinheiro/Secom/TSE)

Organismos e especialistas internacionais estão mobilizados para acompanhar as eleições brasileiras neste domingo, 2/10, quando 150 milhões de eleitores são convocados a eleger presidente, governadores e congressistas nos níveis estadual e federal.
Em meio a questionamentos do chefe de Estado, Jair Bolsonaro (PL), sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas, a Organização dos Estados Americanos (OEA) mobilizou 55 especialistas de 17 nacionalidades em 15 dos 27 estados brasileiros.
Ao chegar em seus respectivos locais de votação, os eleitores podem escolher seus candidatos para cinco postos disponíveis: deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República.
Deputados federais representam o povo brasileiro na esfera nacional. A eles, cabe elaborar leis que possuam abrangência em todo o território do Brasil, além de trabalharem como fiscalizadores de quem estiver atuando como Presidente da República.
Uma de suas atribuições mais notórias é a criação das CPIs, as Comissões Parlamentares de Inquérito, que são formadas por meio de um requerimento feito por, pelo menos, um terço dos parlamentares.
Total de assentos: 513 (proporcional ao número de eleitores de cada estado)
Mandato: 4 anos
Os deputados estaduais representam a população do estado de seus eleitores. Como integrantes da Assembleia Legislativa, é dever dos deputados zelar pelo corpo das leis estaduais, propondo, revogando, emendando ou alterando a legislação. Uma das suas atribuições é fiscalizar os gastos do governo estadual.
Total de assentos: 1.035 (Brasil), 46 (Ceará)
Mandato: 4 anos
Os senadores têm a função de representar seus estados no Congresso Nacional. Além das funções compartilhadas com os integrantes da Câmara dos Deputados, como legislar e fiscalizar os atos do Poder Executivo, existem funções específicas aos senadores.
Um exemplo dessas funções específicas é a possibilidade de, a partir de determinação feita na Constituição Federal de 1988, que os senadores julguem e processem crimes de responsabilidade perpetrados por presidente, vice-presidente, comandantes das Forças Armadas, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), procurador-geral da República e o advogado-geral da União, entre outros.
Total de assentos: 81 (três por estado).
Mandato: 8 anos (eleitos de 4 em 4 anos; são eleitos, alternadamente, um senador e dois senadores a cada 4 anos, renovando a bancada do Senado.)
O governo do estado do Ceará é sediado no Palácio da Abolição, a sede do poder Executivo estadual. Conheça mais sobre as eleições de 2022 e as principais datas até o pleito. Foto: Divulgação / Governo do Estado do Ceará
O governador ou governadora é o representante do Poder Executivo na esfera estadual. Quem é eleito para o cargo pode escolher seus secretários, que chefiam os diversos departamentos de âmbito administrativo que constroem e viabilizam o funcionamento de uma determinada Unidade da Federação.
Uma das atribuições de um governador que mais aparecem na mídia é a de responsável pela segurança pública do estado; colaboram nessa função as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros de cada unidade federativa.
Total de assentos: 28 (27 estados + Distrito Federal)
Mandato: 4 anos
Quem é eleito para o posto de Presidente da República tem a função primordial de zelar pela unidade da nação, servindo como uma figura, um “símbolo” de representação do povo brasileiro.
Cuidar da integridade nacional, defender a independência, estabelecer um plano de governo claro com diretrizes administrativas, orçamentárias, legislativas entre outras, e guiar a direção diplomática do corpo internacional brasileiro são algumas das atribuições desse cargo.
Uma das funções de um presidente, chefe do Executivo, que se relaciona com os outros poderes, de forma a estruturar um sistema de vigilância mútua, é a nomeação de chefes de ministérios, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do advogado-geral da União.

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais or Aceitar.
Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.

source