Do UOL, em São Paulo
14/10/2022 13h17Atualizada em 14/10/2022 13h17
O atirador que matou duas pessoas em um restaurante de Praia Grande, no litoral de São Paulo, acreditava que as duas vítimas eram seguranças que tinham impedido a entrada dele em um bar, localizado ao lado do restaurante em que ocorreu o crime. As informações são da TV Tribuna, afiliada da TV Globo na região.
O caso ocorreu na noite de quarta-feira (12). Maurício Souza Alves, 35, tentou entrar em um bar na Avenida Marechal Malet, no bairro do Boqueirão, mas foi barrado por estar “possivelmente embriagado”.

Contrariado, ele foi embora e retornou minutos depois, entrando no restaurante de comida japonesa, que estava ao lado do bar em que ele foi barrado. No estabelecimento, ele atirou contra o tricampeão mundial de jiu-jitsu Thaynã Higor, 25, que estava na parte de fora aguardando um motorista de aplicativo para ir embora do restaurante. Thainã foi atingido na cabeça e morreu na hora.
Em seguida, Maurício localizou Walter Ramos Filho, 67, sentado em uma mesa do restaurante. Ele então atirou contra o idoso, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O investigado ainda tentou roubar um motociclista na fuga, mas a tentativa foi frustrada e então ele entrou em uma pizzaria, onde fez três vítimas reféns, até ser preso pela PM.
A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que foi solicitada perícia no local dos homicídios e na arma do criminoso. O caso foi registrado na Central de Polícia Judiciária de Praia Grande.


Maurício tinha saído da prisão em maio, beneficiado por indulto, e estava foragido há cerca de seis meses, já que precisava se reapresentar na cadeia onde ainda cumpria pena por sequestro.
O UOL apurou com o Tribunal de Justiça de São Paulo que Maurício Alves ainda não tem defesa constituída até o momento. O texto será atualizado tão logo haja manifestação de seu representante legal.
ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Por favor, tente novamente mais tarde.

Não é possivel enviar novos comentários.
Apenas assinantes podem ler e comentar
Ainda não é assinante? .
Se você já é assinante do UOL, .
O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

São Paulo, 14 – A media móvel de casos de covid-19 foi hoje a 4.463, queda de 34% ante o índice de duas semanas…
São Paulo, 14 – O Brasil tem 104.810.560 pessoas (48,8% da população) imunizadas com reforço ou a dose adicional…

source