Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos
Do UOL, em São Paulo
14/10/2022 17h10
Não é verdade que não houve óbitos de crianças em decorrência da covid-19 no Brasil, como afirmou o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) nesta sexta-feira (14). Desde 2020, 1860 crianças entre 0 e 12 anos morreram por complicações da doença no Brasil. Bolsonaro deu a declaração durante entrevista aos canais do Youtube “Paparazzo RubroNegro”, “InstaVerde” e “Futbolaço”.
O que disse Bolsonaro?Falei: escola, a molecada não sofre com o vírus, pô. Tanto é que você não viu moleque morrendo de vírus por aí. Alguém conhece algum filho de alguém que morreu de vírus? Não tem”.

1860 vidas. De acordo com os dados da Rede Análise Covid — coletados com base no SIVEP-Gripe (Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe) — 1860 crianças entre 0 e 12 anos morreram em decorrência de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) causada pelo coronavírus desde o início da pandemia. Segundo a Fiocruz, entre 2020 e 2021, duas crianças menores de 5 anos de idade morreram por dia de covid-19 no Brasil.
Segundo dados do consórcio de imprensa — do qual UOL faz parte — o Brasil registra até esta quinta-feira (13), ao todo, 687.120 óbitos por covid-19.
*Com colaboração de Carlos Madeiro.
O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para [email protected]
ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Por favor, tente novamente mais tarde.

Não é possivel enviar novos comentários.
Apenas assinantes podem ler e comentar
Ainda não é assinante? .
Se você já é assinante do UOL, .
O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Cristina Tardáguila

source