Colaboração para o UOL, em São Paulo
14/10/2022 10h33
Um homem suspeito de invasão de domicílio foi preso pela polícia, após deixar na cena do crime uma curiosa pista de sua identificação: um dedo decepado.
O caso aconteceu em 6 de outubro, em Burlington, no estado da Carolina do Norte (EUA), segundo a rede NBC.

A investigação aponta que Vernon Wilson, de 67 anos, tentou roubar uma casa e abordou o morador com uma arma. O dono do imóvel estava voltando do trabalho quando foi ameaçado pelo assaltante. No entanto, ele correu para dentro da casa e fechou a porta, na tentativa de deter Wilson.
Uma luta se seguiu entre os dois e a arma do suspeito disparou e atingiu o peito do morador. Em seguida, a polícia chegou ao local para socorrer a vítima. O morador não teve ferimentos graves e o assaltante já havia fugido.
Quando examinaram a cena do crime, os agentes encontraram uma luva de Wilson caída no chão. O mais chocante é que dentro dela havia um dedo do suspeito. As autoridades acreditam que o dedo foi decepado quando o dono da casa forçou a porta contra a mão do assaltante.
Os investigadores conseguiram usar a luva e o dedo decepado para identificar as impressões digitais do criminoso e as análises levaram a Vernon Wilson.
Na segunda-feira (11), Wilson foi localizado e preso pelos oficiais de polícia. Agora ele responderá por roubo em primeiro grau, agressão com arma com intenção de matar e posse proibida de arma de fogo por um criminoso.
Ele foi detido sob fiança de US$ 250.000 (cerca de R$ 1,3 milhão), informou a porta-voz da polícia Emily-Lynn Adkins.
ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Por favor, tente novamente mais tarde.

Não é possivel enviar novos comentários.
Apenas assinantes podem ler e comentar
Ainda não é assinante? .
Se você já é assinante do UOL, .
O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

source