O empate técnico entre Lula e Bolsonaro apontado pelo Paraná Pesquisas nesta quinta, 13, mostra um cenário diferente do que vinha sendo desenhado por outros levantamentos referentes a este segundo turno das eleições presidenciais. Segundo os dados da Paraná, os dois candidatos estão em situações iguais e o resultado ainda é incerto.
O instituto errou menos nas projeções do primeiro turno do que outros, como o Datafolha, Ipec, Quaest e Ipespe. Não se deve comparar pesquisas feitas com metodologias diferentes. Contudo, a coluna mostrará abaixo em quais segmentos da sociedade há diferença, e porquê, assim, os números finais são tão distintos. 
Segundo o novo levantamento da Paraná Pesquisas, Lula tem 47,6% das intenções de votos totais contra 44,1% de Bolsonaro. Considerando apenas os votos válidos, o ex-presidente tem 51,9% contra 48,1% do presidente, em um cenário de empate técnico.
Uma análise detalhada das intenções de votos – e uma comparação com o levantamento da Ipespe desta quarta, 12, e com o da Quaest desta quinta, 13 – mostra diferenças importantes que explicam porque o Paraná Pesquisa vê o empate entre os dois candidatos.
O levantamento do Ipespe, por exemplo, mostra o petista com 50% dos votos contra 43% de Bolsonaro. Quando considerados os votos válidos, Lula teria 54% das intenções de voto ante 46% do atual presidente.
Já a pesquisa Quaest revela Lula com 49% ante 41% de Bolsonaro. Quando considerados os votos válidos, o petista teria 54% das intenções de voto versus 46% do líder da extrema-direita. 
Esses são os números gerais. Vamos às diferenças entre alguns dos segmentos que mostram o porquê das discrepâncias.
Segundo o Paraná Pesquisas, Lula tem 46,2% dos votos dos homens contra 47,3% de Bolsonaro, distância de menos de 1 ponto percentual. No levantamento do Ipespe, o petista tem 44% dos votos dos homens contra 52% de Bolsonaro, distância de 8 pontos favoráveis ao presidente. Na Quaest, Lula tem 47% e Bolsonaro, 42%.
No eleitorado feminino, a diferença é ainda maior: para o Paraná, Lula tem 48,9% dos votos das mulheres ante 41,1% do presidente, uma distância de 7 pontos percentuais. Para o Ipespe, a distância seria de 20 pontos percentuais que favorecem o petista: Lula com 56% dos votos contra 36% de Bolsonaro. A Quaest mostra o líder esquerdista com 50% enquanto o expoente da extrema-direita tem 39% entre o eleitorado feminino.
Outra diferença importante entre os dois levantamentos está na votação dos eleitores das regiões Norte/Centro-Oeste. Segundo o Paraná Pesquisas, Bolsonaro tem 52,1% dos votos nas duas regiões contra 40,5% do petista, distância de quase 12 pontos percentuais que favorecem o presidente. Já o levantamento do Ipespe mostra um cenário mais equilibrado entre os dois: Bolsonaro com 49% e Lula com 48% dos votos. Na Quaest, usando como média das duas regiões, o petista aparece com 46% e o atual presidente com 44,5%. 
Diante das incertezas causadas pelos erros dos institutos na primeira etapa da disputa, fica difícil prever qual levantamento está mais próximo da realidade.
Se, assim como no primeiro turno, o Paraná Pesquisas estiver mais perto do cenário real, tanto Lula como Bolsonaro precisam agir como quem ainda não garantiu a vitória, precisando de cada voto para sair vencedor no dia 30 de outubro.
R$ 1,00/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
A partir de R$ 9,90/mês 
Leia também no GoRead
Copyright © Abril Mídia S A. Todos os direitos reservados.
Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.
Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo
– R$ 1 por mês.

– Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

– Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

– Válido até 31/10/2022, sem renovação.
1 mês por R$ 1,00
( Pagamento Único )
Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
a partir de R$ 9,90/mês

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

source